segunda-feira, 29 de junho de 2015

De olho em 2018, Alckmin corteja Jarbas durante almoço em São Paulo


Mirando a vaga do PSDB para disputa presidencial em 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, iniciou as articulações para encabeçar a chapa tucana. Em busca de aliados, o gestor se encontrou, nesta segunda-feira (29), com o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), na sede do governo estadual. Um almoço entre os políticos vinha sendo articulado desde maio, quando Alckmin começava a cortejar o parlamentar pernambucano.
Apesar de ser dissidente do PMDB no âmbito nacional, Jarbas é uma figura política bastante respeitada e ouvida pelos pares dentro do Congresso. Com a crise instalada entre o PT e o PMDB, Alckmin tenta encontrar brechas para fortalecer a pré-candidatura.
No encontro no Palácio dos Bandeirantes, o deputado pernambuco foi bastante paparicado. Sabendo da admiração do ex-governador pernambucano por obras de arte, o tucano organizou um roteiro pelo palácio incluindo as peças de arte.
Pesquisas mais recentes do Instituto Datafolha apontam o senador Aécio Neves (PSDB-MG) com 35% das intenções de voto. O instituto também fez uma simulação de disputa presidencial com o nome de Alckmin, no lugar de Aécio.
Neste caso, Lula e Marina empatariam tecnicamente em primeiro lugar com 26% e 25%, respectivamente e Alckmin ficaria em terceiro lugar com 20%.
Na pauta oficial, os políticos discutiram sobre a situação política atual do País agravada com as delações premiadas da Operação Lava Jato. A mais recente foi a delação do presidente da UTC, Ricardo Pessoa, afirmando que a campanha de Dilma recebeu doações ilegais. 

 (Blog do Jamildo)

0 comentários:

Postar um comentário