terça-feira, 2 de junho de 2015

Problemas no uso do nono dígito


















No primeiro dia útil das operações com o nono dígito em Pernambuco, houve problemas para que os usuários conseguissem completar as ligações. Relatos nas redes sociais contavam que as chamadas caíam em números diferentes ao acrescentar o número 9 ou uma programadora informava que “este número não existe”. Ao realizar as ligações sem o dígito, a chamada era realizada com sucesso. Outros usuários disseram não completar a ligação sem o 9, mas também não tiveram sucesso ao colocar o número.

“Ontem, eu coloquei o nove em algumas ligações e outras não. Mas sempre conseguia completar as ligações das duas formas. No domingo, tive dificuldade para realizar uma chamada com o nono dígito, mas não tenho certeza se foi a inclusão do número 9 que deu problema”, contou a jornalista Julia Ferreira. Já o coordenador de planejamento Vinícius Moreira disse que quem tentou falar com ele pelo celular, no domingo ou na segunda, só conseguiu sem o nono dígito.

Algumas ligações realizadas por Vinícius não foram completadas, mas ele não soube dizer se foi a inclusão do nono dígito que interferiu na realização das chamadas. “A dificuldade que tive foi em relação ao app do sistema operacional do Windows Phone, porque o aplicativo não funciona para o DDD 81. Vou ter que mudar de número por número na agenda. Já as atualizações do sistema Android foram realizadas com sucesso”, disse o coordenador de planejamento.

A inclusão obrigatória do nono dígito começou no último domingo para o sistema de números da telefonia móvel de Pernambuco, Alagoas, Ceará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte. A mudança tem como objetivo aumentar a quantidade de novas linhas, mas as operadoras também se comprometeram a melhorar a infraestrutura de suas redes para o aumento de tráfego de dados e voz.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), durante os dez primeiros dias, quem discar a combinação com apenas oito números deve ter a ligação redirecionada, embora na prática nem todas as chamadas estejam sendo completadas. De 10 de junho a 7 de setembro, os telefonemas com a digitação do número antigo não serão completados. Neste período as operadoras serão obrigadas a informar da necessidade do nono dígito seja por mensagem de voz ou de texto.

Depois desse período, será emitida a mensagem “número inexistente”. A central de atendimento da Anatel é 1331.

O nono dígito já funcionava em oito estados brasileiros e, no início, as empresas operadoras tiveram problemas no período de adaptação. O primeiro estado a aderir ao sistema foi São Paulo, em julho de 2012. (Diário de Pernambuco)

0 comentários:

Postar um comentário