sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Justiça Decreta Prisão de Pastor em Juazeiro


O Juiz de Direito Plantonista da Comarca de Juazeiro, Roberto Paranhos Nascimento decretou a prisão de um pastor evangélico nesta quarta-feira (19), que congregava na Igreja Pentecostal Semeando a verdade, localizada à Rua 4, bairro Alto do Cruzeiro. O Pastor Alberto Oliveira está sendo acusado de ter praticado crime contra um menor cuja denúncia partiu dos próprios familiares.

Na delegacia do Complexo Policial o menor compareceu na presença dos pais e foi ouvido pelo delegado Nélio Ferreira quando confirmou o fato. Por não haver flagrante, o pastor foi ouvido e liberado, mas o delegado decidiu investigar o passado do acusado e descobriu que o mesmo respondia na justiça por outros crimes, sendo que no último teria sido condenado a seis anos de prisão quando trabalhou na Guarda Civil em São Paulo, sendo expulso da corporação.

Diante dos fatos, o Delegado Nélio solicitou da justiça à decretação da prisão que foi despachada, sendo o acusado conduzido para o presídio local. Ainda durante as investigações foram apreendidos um notebook, dois celulares – sendo um da vítima e o outro do acusado -, e alguns filmes de DVD’s de pornografia.

O imputado é acusado de estupro de vulnerável, Infração Penal 217-A do Código Penal.

O Código Penal estabelece:

Estupro de Vulnerável

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:

Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. 


(Com informações do Blog Ação Popular)

0 comentários:

Postar um comentário