terça-feira, 11 de agosto de 2015

Vereador de Afrânio apela por bom senso em prol dos pipeiros: “Melhorem essa situação”


Em sua mais recente visita a Petrolina, no final de julho, quando participou do encerramento do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada 2015, o governador de Pernambuco Paulo Câmara admitiu que o estado deve dois meses de pagamento aos pipeiros que fazem o abastecimento d’água no Sertão. Mas o vereador de Afrânio (PE), Jesus de Souza, é mais um a contestar Câmara. Em entrevista à Rádio Jornal nesta terça-feira (11), Souza reforçou as declarações de lideranças locais sobre o atraso. Segundo ele, os pipeiros na região de Afrânio estão há sete, e não há dois meses, sem receber pelo serviço.
Aliado do governador, Souza, no entanto, não quer acirrar o debate. Ele pediu apenas – e não só à Câmara – que as lideranças políticas do mesmo grupo, a exemplo do senador Fernando Bezerra Coelho e dos parlamentares representantes da região, para se sensibilizarem. “Eu só peço para que ajudem a melhorar essa situação”, afirmou.
Segundo o vereador, atuam no abastecimento em comunidades rurais de Afrânio 23 carros-pipas. Ele conta que alguns têm tirado do próprio bolso para fazer a manutenção dos veículos, mas as dificuldades estão aumentando porque os pipeiros também precisam abastecer os caminhões e manter a sobrevivência de suas famílias. “Tem pipeiro que não vai mais conseguir rodar porque não tem dinheiro”, declarou.
Souza contou ainda que se o pagamento não for quitado, a situação tende a piorar não apenas para os pipeiros. Ele explica que as chuvas desse ano só chegaram até a comunidade de Extrema. Como o interior de Afrânio é muito grande, isso não é suficiente para atender as demais comunidades. Sem o abastecimento por meio dos carros-pipas, ele prevê um cenário de caos para a região.

(Blog do Carlos Britto)

0 comentários:

Postar um comentário