terça-feira, 15 de setembro de 2015

Na tribuna da Câmara Federal Deputado Adalberto Cavalcanti defende cotas na UNIVASF para alunos do sertão e pede a instalação do curso de direito


Acompanhe o discurso que o Deputado Federal Adalberto Cavalcante proferiu no plenário da Câmara, para falar de suas indicações encaminhadas a Presidência da Republica e ao Ministério da Educação, solicitando cotas de vagas na UNIVASF para estudantes que residem no sertão, mais vagas para o curso de medicina e a instalação de um curso de direito na Universidade do Vale do São Francisco. Acompanhe o discurso e o vídeo.
O SR. ADALBERTO CAVALCANTI (Bloco/PTB-PE.) – ¨Exmo. Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho a esta tribuna falar sobre duas indicações. 
A primeira indicação é ao Poder Executivo e sugere a criação de reserva de cotas ou de bônus, para favorecer as matrículas de candidatos inscritos no SISU ou SISUTEC residentes na mesma região em que se localiza a instituição de educação superior na qual desejam ingressar.
No caso de minha região, onde está a Universidade Federal do Vale do São Francisco — UNIVASF, de Pernambuco, hoje, as poucas vagas que há são preenchidas por alunos que vêm de outros Estados. Faço essa indicação ao Ministro e à Presidenta da República, para que seja criada uma cota ou um bônus para os moradores da região do Vale do São Francisco. Não é fácil os alunos daquela região terem que se deslocar para outros Estados. Por isso faço este apelo ao Ministro da Educação, Renato Janine. 
Outra indicação que eu fiz diz respeito à criação do curso de Direito na UNIVASF, na cidade de Petrolina. Aquela universidade já tem hoje, mais ou menos, uns 30 cursos, inclusive de Medicina, mas não tem o curso de Direito. Nessa mesma indicação, eu pedi ao nosso Ministro que aumente as cotas — não é fácil em Petrolina — para 50 alunos de Medicina, no primeiro semestre, e, no segundo semestre, mais 50.

Muito obrigado, Sr. Presidente.¨

Blog Vinicius de Santana

0 comentários:

Postar um comentário