sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Alemães instalarão fábrica de placas para captação de energia solar em Paulistana


Representantes da empresa Meyer Burger, localizada em Hohenstein, Estado da Saxônia, na Alemanha, chegarão ao Piauí no próximo dia 17. O objetivo da vinda dos Alemães ao Estado é se reunir com o governador Wellington Dias e com o secretário de Mineração e Energia, Luís Coelho, para tratar da instalação da fábrica de placa solar no município de Paulistana.

Segundo Luís Coelho, na oportunidade, os alemães vão estudar a implantação do projeto de geração de energia através das placas solares no Centro Administrativo de Teresina. “O Centro Administrativo será abastecido com energia fotovoltaica e eles vão trabalhar nesse projeto para que a gente possa agilizar as atividades que já estão em andamento há mais de 6 meses aqui na secretaria”, disse o secretário.

Outra questão que será discutida pelos alemães é a implantação da fábrica de placas solares na cidade de Paulistana. Luís Coelho afirma que, semanalmente, é realizada uma comparação entre o trabalho realizado aqui e na Alemanha para que a indústria seja implantada o mais rápido possível aqui no estado.

“Nós temos uma conferência semanal com o pessoal da Alemanha onde demonstramos o que foi realizado por nossa equipe durante a semana e eles também mostram o que está sendo feito. Então é realizada essa conferência todas as quintas-feiras entre Brasil e Alemanha para agilizar esse trabalho. Eles chegarão aqui dia 17 para levar toda a documentação que precisa para esse processo tornar-se mais rápido”, disse o gestor.

Durante a estadia no Piauí, os representantes da Meyer Burger vão analisar a sondagem do solo, água, internet, e demais questões no local onde será instalada a Fábrica de placa solar, além da mão de obra. “Vão estudar também o treinamento dessas pessoas que vão trabalhar, que é um treinamento que tem que ser feito antes que a fábrica comece a funcionar, para quando a fábrica tiver pronta, essas pessoas já estejam preparadas para assumir os seus postos de trabalho”, afirmou Coelho.

Ainda segundo o secretário de Mineração e Energia, visando inovar o sistema de irrigação do Estado, será analisada ainda a possibilidade de colocar placas solares para a produção de energia nos projetos Tabuleiros Litorâneos e Platôs de Guadalupe.

“Há uma determinação do Governo do Estado para a gente colocar placas solares para produzir energia e assim fazer a irrigação, isso vai impactar no produto final que é o preço daqueles produtos irrigados da região, pois segundo pesquisas e avaliação, o que impacta mais no produto final nesses projetos de irrigação é a energia. É a energia que deixa o produto da terra mais caro. Então queremos, junto com os alemães da empresa Meyer Burger, colocar a produção de energia fotovoltaica durante o dia nesses projetos de irrigação, isso vai dar um resultado melhor no produto final. Portanto são esses três projetos que vamos trabalhar com o grupo da Alemanha”, frisou Coelho.

São projetos que já estão em andamento. Nesses 20 dias que eles vão passar aqui vão coroar o trabalho, eles voltam para a Alemanha e já marcam o dia de retornar ao Piauí para começar o início das obras. Esses projetos vão dar uma novidade no sistema de irrigação do nordeste brasileiro, pois será produzida energia através do sol, a energia vai puxar a água e fazer a irrigação. É um projeto inovador que aumentará, sem dúvida alguma, o poder de competitividade maior, por que se eles possuem energia barata, podem vender por um preço mais acessível.


Fonte: Meio Norte


0 comentários:

Postar um comentário