domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dormentense estudante de medicina na Univasf juntamente com seus colegas de curso, desenvolvem projeto para ajudar no combate ao Aedes em Petrolina


Os estudantes são do 1º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) se dedicaram em entender melhor sobre o Aedes aegypti e as doenças por ele transmitidas (dengue, zika e febre chukungunya) para tentar contribuir no combate ao mosquito.
Foi pensando em incentivar e motivar os estudantes a debater o assunto para atuarem na prevenção e comba te ao mosquito que os futuros profissionais do curso – Jadson Braga (de Dormentes) , Larissa Maia, Amanda Leocádio, Alex Muniz, Danilo Lopes, Izabela Bedette e Mateus Oliveira -, sob orientação dos professores doutores Aristóteles Cadorna e Adriana Angêrlis, estão colocando em ação um projeto de intervenção na zona norte de Petrolina.
A iniciativa será colocada em prática no bairro José e Maria, nos dias 24 e 25 próximos, em parceria com agentes de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde. A programação será a seguinte:
24/02- Palestras e dinâmicas com alunos da escola Joaquim André Cavalcanti, a respeito do assunto;
25/02- “Dia D” no bairro, à procura de focos do mosquito, com panfletagem, explicações e “porta a porta” nas residências.
 Com Informações: Carlos Britto

0 comentários:

Postar um comentário