sexta-feira, 11 de março de 2016

"Declaro-me pré-canditato a prefeito de Dormentes", disse Geomarco em resposta as declarações do prefeito Roniere Reis




Ex-prefeito Geomarco Coelho responde declarações do prefeito Roniere Reis e declara pela primeira vez publicamente que é sim pré-candidato a prefeito de Dormentes nas eleições 2016.

Acompanhem:

Diante dos inúmeros ataques e ofensas que recebi proferidos pelo atual prefeito de Dormentes através da imprensa e das redes sociais, trago ao seu prestigiado Blog, logo abaixo, as minhas considerações ao povo de Dormentes:

Querido povo dormentense, Gostaria de me dirigir a cada cidadão dormentense, cada comerciante, cada dona de casa, cada idoso, cada jovem, cada agricultor, cada estudante, cada servidor público, cada profissional da saúde, da educação, e de todas as áreas, cada homem e a cada mulher.

Inicialmente, gostaria de lamentar profundamente as palavras ofensivas proferidas pelo atual prefeito, que me fez inúmeros ataques pessoais, ofendendo inclusive a minha saúde, em texto divulgado pela imprensa e nas redes sociais.

Dormentes conhece minha história de luta por essa terra. Comecei muito jovem a defender esse lugar. Fui vereador ainda por Petrolina e defendi nas sessões da câmara o desenvolvimento do nosso povo. Quando ninguém acreditava, lutei dia e noite, contra muitos interesses e muitos poderosos inclusive, pela emancipação do nosso município. E conseguimos.

Tive a honra de ser eleito Prefeito da minha cidade por três vezes, e a oportunidade de ajudar a transformar, para melhor, o lugar que era apenas um esquecido distrito de Petrolina, na cidade estruturada que Dormentes é hoje. Não podemos permitir que todo esse crescimento e desenvolvimento econômico e social que Dormentes obteve se perda por causa de vaidades e sonhos individuais.

Há quatro anos o nosso grupo político apresentou um candidato de fora da política para disputar a minha sucessão, e apostamos que aquela poderia ser a melhor escolha do nosso grupo. Elegemos o prefeito que, enquanto era candidato, nos apresentou propostas as quais acreditamos que ele seria capaz de implementar. Depositamos nosso voto de confiança em alguém sem experiência na vida pública, e naquele discurso e ajudamos a eleger o prefeito.

Desde o início da gestão atual, fiz questão de não fazer parte dos quadros da Prefeitura, por entender que tinha cumprido meu papel, e que cabia ao prefeito formar sua equipe de governo e administrar com independência. Ao contrário do que foi dito, sempre exerci o papel de conselheiro da administração o que é facilmente comprovado pelas matérias na imprensa. Porém, era o prefeito que governava e tomava suas decisões finais.

Ainda durante a campanha, o então candidato conduziu, sem consultar o grupo que lhe apoiava, negociações políticas que lhe custaram um processo judicial, o qual teve que responder durante quase toda sua gestão. Um ato impensado, que prejudicou não só à pessoa do prefeito, mas toda a população.

Aquilo que sabemos sempre ter incomodado o prefeito é o apreço, a consideração, o carinho, o agradecimento e o respeito que cada dormentense sempre demonstrou pela minha pessoa. Para mim, essa é a maior de todas as retribuições que eu poderia ter, o imenso reconhecimento popular. Tenho a consciência de que, com muita humildade, sempre tratei muito bem essa gente que aprendi a amar, a querer o bem e a respeitar muito. Esses são sentimentos que me motivam a permanecer na vida pública, para que possa contribuir cada vez mais, para o bem estar do meu povo.

Saí da prefeitura ao final do ano de 2012 de cabeça erguida, com a consciência do dever cumprido. Não alimentei quaisquer planos de voltar à prefeitura. Lamento inclusive que o prefeito, agora movido pelo cego desejo em permanecer à frente da prefeitura a qualquer custo, apresente um comportamento de ataques e ofensas. O bem se paga com o bem. Lamento que ele não saiba agradecer quem tanto lhe ajudou. Infelizmente, ele não reconhece o quanto lhe ajudamos, desde os tempos da nossa gestão, passando pelo apoio ao seu nome nas eleições de 2012 e durante a sua própria gestão.

Eu e minha família travamos talvez a maior batalha a que fui submetido. Tive que lutar contra um dos mais temidos e terríveis inimigos. Passei por um longo tratamento entre consultas, exames e cirurgias, lutando pela minha vida. Graças a Deus saímos vencedores de mais essa batalha.

O atual prefeito deveria fazer uma auto avaliação e entender que não foi Geomarco que lhe “queimou” como político. Quem faz um político com mandato ficar “queimado” é a sua atuação junto à população. É a forma como tratar as pessoas. Se a população não está satisfeita, ela rejeita mesmo. Se o político não der atenção ao seu povo, será rejeitado. E lamento ainda, que somente após mais de três anos comandando a prefeitura, apenas às vésperas do processo eleitoral, o atual prefeito faça críticas às contas da minha gestão. Não entendemos porque ele, que teve e tem à sua disposição todas as informações possíveis, decide tentar impulsionar sua pré-candidatura à reeleição utilizando-se desse jogo.

 A população vem fazendo sua avaliação, e desde sempre ouço o clamor de insatisfação do nosso povo que sonha com o dia em que nossa cidade volte a ter uma administração voltada para o bem estar de todos.

O atual prefeito jamais poderia reclamar de falta de apoio do PSB de Dormentes. Antes mesmo de pensar em discutir a sucessão municipal com os filiados do PSB local, e com a executiva estadual, o prefeito já procurou abrigo em outra sigla, sem valorizar a importância do PSB. O diretório municipal entendeu que o prefeito buscou outras alianças e que ele se afastou do grupo de deu sustentação à sua eleição.

Diante de todo esse quadro eu não poderia me acovardar. Tentamos o dálogo e a união do PSB. Propusemos deixar de lado os orgulhos, vaidades e sonhos pessoais para lutarmos em busca do interesse coletivo, do bem estar da nossa população. Infelizmente o prefeito preferiu se dedicar ao seu projeto pessoal e decidiu sair do PSB.

Declaro-me pré-candidato à prefeitura a minha querida Dormentes. Quero apresentar à avaliação dos eleitores, não um sonho pessoal, mas o sonho de toda população, que tem me convocado por onde passo, que tem me conclamado a encarar mais esse desafio, que anseia por melhorias na saúde, na educação, por melhores estradas, por desenvolvimento, por mais atenção ao nosso povo, por geração de emprego e renda.

Queremos conduzir um debate politico no campo das ideias e das propostas, respeitando todos os candidatos que se apresentarem, sem ataques pessoais, sem ofensas, sem jogo baixo, sem mentiras divulgadas nas redes sociais, sem panfletos mentirosos distribuídos nas madrugadas. Uma campanha baseada nas reuniões com a população, nas caminhadas, no diálogo com cada cidadão e cada cidadã, sem a interferência do poder econômico.

A coragem de lutar e trabalhar por Dormentes nunca faltou. Convocarei a população a avaliar as nossas realização, as nossas obras, o nosso legado que já foi tão elogiado pelo atual prefeito em incontáveis oportunidades. Buscaremos os apoios e formaremos uma chapa forte rumo à vitória.

Um forte abraço!


Geomarco Coelho

Por: Lourinaldo Teixeira
DORMENTES EM REDE

0 comentários:

Postar um comentário