sábado, 22 de outubro de 2016

Prefeito eleito Rafael Cavalcanti detona com administração de Afrânio



O prefeito eleito de Afrânio, em Pernambuco, Rafael Cavalcanti (PMDB), detonou com a prefeita do município, Lucia Mariano (PTB), que perdeu nas eleições deste ano com 2.128 votos válidos de diferença. Cavalcanti alega também que está com dificuldade de fazer a transição e que já está com a equipe pronta.
“Não foi iniciada a transição, estamos encontrando dificuldades, queremos fazer uma transição da forma mais republicana possível, mas não estamos encontrando na atual gestão a mesma boa vontade”, disse em entrevista ao Programa Nossa Voz, desta sexta-feira (21).
Segundo ele, recursos e equipamentos estão sendo retirados pela prefeita derrotada, comprometendo o desenvolvimento da cidade. “Na última quarta-feira (19), foi publicado no Diário Oficial da União (TCU) sete distratos, ou seja, a prefeitura tinha contratos em andamento e após o resultado da eleição esses contratos foram reincididos porque a emenda que custearia a execução desses contratos foi cancelada pelo esposo da prefeita, o deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB) (…) essas emendas totalizam recursos em torno de R$ 5 milhões, como foram cancelados, o município perde e o dinheiro volta para a União do que deixar esse patrimônio para o povo de Afrânio. Os equipamentos nem deveriam ter sido entregues ainda porque a CEF não tinha liberado os recursos”.
Cavalcanti alega que alguns equipamentos foram entregues antes da campanha eleitoral e agora estão recolhendo, ação que prejudica diretamente a população. “Há 15 dias da eleição eles desfilaram com alguns equipamentos, e tudo não passou de uma farsa porque esses equipamentos não foram pagos e a gestão disse aos fornecedores que fossem pegar os equipamentos”, disse.
Faltando pouco mais de dois meses para a posse, Cavalcanti frisa que o grupo do deputado não está sabendo lidar com a derrota nas urnas. “Não souberam aceitar a vontade soberana do povo, esse mesmo povo de Afrânio que já deu tantas vitórias a esse grupo e contribui com a renovação do mandato do deputado. Ele está preferindo perder, que o dinheiro volte para União”, criticou.
Antes de encerrar a entrevista, Cavalcanti disse que a prefeita quis tirar proveito político. “Agora simplesmente estão dizendo para os fornecedores que é para ir pegar que eles não vão pagar”, concluiu.

 Grande Rio FM

0 comentários:

Postar um comentário