quinta-feira, 24 de maio de 2018



Pinguela é um tipo de gancho utilizado para armar ratoeiras, construir armadilhas, fazer arapucas. Soube o significado da palavra em referência apenas hoje.

Acompanhem comigo e veja qual é a realidade da tal Pinguela, não a qual deve estar pensando, mas aquela que desferiu absurda comparação. Essa sim pode se comparar como gancho para ratoeira, armadilha ou arapuca, como queira, quem sabe até com uma metamorfose, logo, enquanto armadilha nunca conseguiu capturar sua barganha, enfurecida e disfarçada de fruta, destila com frequência sua toxina de réptil pecilotérmico.

Não sabe a Pinguela verdadeira em suas fases metarmófosicas, que suas tentativas nunca foram certeiras. Como assim? Nunca conseguiu atingir a quem enxerga como uma presa?

-Não. Esta a quem tenta atingir sem sucesso, é uma jovem ágil e prospera como poucas. Seu sangue valente e diferenciado não se mistura com o veneno da inveja. Desde pequena foi a melhor, fato nunca aceitado pela velhice já atingida várias vezes pela Pinguela Metamorfósica, de quem viveu sempre a ver o desenvolvimento passar a sua frente e nunca conseguiu pegá-lo para si.

Com as pedras jogadas contra ela, a jovem nunca atingida constrói seus castelos de subsistência. Logo, inteligência nunca lhe faltou, consegue muitos amigos com facilidade, de perto e de longe. Nela, um transplante cardíaco foi realizado recentemente, pasmem! O seu novo coração continua a funcionar perfeitamente e o outro foi imortalizado, nunca saiu do seu peito.

Lançam-se contra ela, porém verás que seus braços fortes e destemidos nunca desistirão de lutar pelos seus sonhos, para que seus filhos tenham sempre o melhor e possam trilhar ao seu lado largos passos da independência já conquistada em busca de muito mais.

Só entenderão os fortes como ela.



0 comentários:

Postar um comentário