segunda-feira, 11 de junho de 2018

Frente de oposição confirma Armando ao governo e Mendonça ao senado




Sem nenhuma novidade, a Frente das Oposições de Pernambuco confirmou na manhã de hoje (11) os nomes de Armando Monteiro Neto (PTB) como pré-candidato ao Governo do Estado e Mendonça Filho (DEM) ao Senador. O anúncio ocorreu em entrevista coletiva à imprensa, realizada no Hotel Bugan (antigo Marriot), em Boa Viagem. O ato, que reuniu os partidos PTB, DEM, PSDB, PRB, Podemos, PV e PPS, começará às 10h.
Havia uma expectativa de que os oposicionistas quebrassem o mistério dos demais componentes da chapa majoritária apresentando o segundo nome que ingressará como pré-candidato a senador. Nos bastidores especulava-se a adesão de André Ferreira do PSC, que deixaria o grupo do Governador Paulo Câmara, o que traria alívio do vereador de Petrolina, Ruy Wanderley que precisaria mais apoiar o projeto de reeleição de Câmara, mantendo-se na do senador Fernando Bezerra Coelho, em Petrolina. Também foi frustrada a expectativa de apresentação do vice de Armando. Sabe-se apenas que será uma indicação do PSDB e foi ventilado o nome do ex-deputado federal, Guilherme Coelho. 
Durante o evento na capital, numa clara estratégia de demonstrar unidade, as lideranças partidária que não compõe a lista anunciada nesta manhã discursaram apresentando os escolhidos. Bruno Araújo, presidente estadual do PSDB, teceu elogios ao deputado Mendonça Filho (DEM), destacando a atuação dele à frente do Ministério da Educação. “Algo que não pode ser negado é que o seu legado nunca apresentará falta de coragem e fidelidade à história da política pernambucana”, destacou Araújo ao se referir as reformas empreendidas por Mendonça Filho no MEC, como a reformulação da Base Nacional Comum Curricular e a Reforma Nacional do Ensino Médio. “O Senado vai receber o melhor da história de Pernambuco”. 
Ao iniciar seu discurso, Mendonça Filho agradeceu as palavras de Bruno Araújo e destacou o tamanho do desafio de enfrentar a máquina no Governo do Estado na campanha deste ano. “Mas não há força que possa, não há hegemonia que possa impedir a força da vontade do povo”, reiterou. Segundo Filho, a vontade de fazer mais pelo Estado motivou a aglutinação de forças que atuavam de forma dispersa. “Todos sem vaidade, sem solavancos para ocupar espaços no poder. Tudo foi debatido com vontade de construir com confiança”. Criticando o que apontou como falta de liderança do governador Paulo Câmara, Mendonça filho classifica que “o entorno tem mais força que a cadeira do governador”. Ao finalizar ainda profetizou que o “horizonte do Estado seria estreito”, se houver a continuidade da atual gestão. 
Integrante desse bloco de oposição, o senador Fernando Bezerra Coelho anunciou a pré-candidatura de Armando Monteiro. FBC ficou fora do páreo na indicação da Frente Pernambuco quer Mudar quando não conseguiu viabilizar o comando do MDB aqui no Estado. “Armando é o mais preparado, tem mais experiência, é uma liderança forjada no talento e na atuação junto as entidades de representação de classe e não uma liderança fabricada”, destacou. 
Armando Monteiro Neto assumiu estar tomado de emoção diante da missão que lhes foi confiada. Prometendo percorrer todo o Estado para ouvir as demandas das 12 regiões pernambucana, Monteiro prometeu um plano de governo tangível, “sem falsas promessas. Vamos assumir compromissos que possamos cumprir ao longo desse tempo”, prometeu. Ao elogiar Mendonça Filho, o pré-candidato ao Governo de Pernambuco afirmou estar honrado em estar nessa caminhada ao lado do democrata. Reforçou a dificuldade de enfrentar a máquina apontando que “muitas estruturas se alimentam dela”, mas assegurou estar animado pelo espírito de mudança que vem observando nas pessoas. Por fim, Armando Monteiro convocou a militância para seguirem com “sua melhor energia” e reforçou estar pronto para a luta. 

GRANDE RIO FM

0 comentários:

Postar um comentário