quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Dormentes supera metas no IDEB e está entre os 10 municípios pernambucanos com melhor educação


A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre


Após celebrar os excelentes resultados alcançados no Índice da Educação de Pernambuco (IDEPE), os dormentenses têm um motivo a mais para comemorar: os resultados alcançados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017, divulgados nessa segunda-feira (03/08). A Educação de Dormentes alcança resultados acima das metas previstas para os próximos anos em todos os níveis da educação Fundamental, determinadas pelo Ministério da Educação, ficando entre os 10 municípios com maiores índices no Estado, nos Anos Iniciais e Finais.

Nos anos iniciais, Dormentes obteve a nota 6.2, ultrapassando a projeção para 2021 que era de 5.4, sendo superior a média de Pernambuco (4.8), do Nordeste (4.9) e do Brasil (5.6). Com a nota, a cidade além de ficar com a 6ª colocação no Estado.

A escola com maior nota do IDEB nesse nível de ensino foi a Francisco Coelho de Macedo (6.3), localizada no centro da cidade. “Estamos trabalhando incansavelmente para garantir uma educação de qualidade aos nossos munícipes, buscando sempre chegar ao chão da escola, a partir da orientação e apoio da nossa prefeita Josimara”. Afirmou Alexandra de Assis, secretária de Educação de Dormentes.

Nos anos finais, Dormentes também fica entre os 10 municípios com maiores índices no IDEB e supera todas as cidades do Médio São Francisco, com a nota (5.1). A Escola Municipal de Lagoas foi a unidade de ensino que obteve a maior nota neste nível (5.6), média maior que a estadual, regional e nacional.

O resultado do IDEB foi divulgado segunda-feira (03) pelo Ministério da Educação. A avaliação acontece a cada dois anos para os anos iniciais e finais do ensino fundamental e ensino médio. Para o cálculo são considerados dois indicadores: a média obtida no SAEB- avaliação de Português e Matemática e a taxa de aprovação das escolas.





0 comentários:

Postar um comentário